» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Quinta, 04 de outubro de 2018, 12h07

Governo da Nicarágua, detém e deporta correspondente que cobria manifestações no país


A imprensa segue perseguida pelo governo do presidente Daniel Ortega, da Nicarágua, enquanto o país permanece em grave crise política e social. Além da violência e repressão a veículos e jornalista locais, cresce a perseguição aos correspondentes internacionais. No caso mais recente, o jornalista austríaco-americano Carl Goette-Luciak, que cobria os protestos contra o governo para meios de comunicação internacionais, foi deportado para El Salvador, informaram organizações e a imprensa local nesta terça-feira (2), relatou a AFP.

Goette-Luciak foi detido na segunda-feira (1º) em sua casa em Manágua por agentes que o levaram descalço, sem camisa e usando apenas um short, assinalou a revista digital nicaraguense Confidencial, do jornalista Carlos Fernando Chamorro, citando declarações do próprio repórter. O governo de não se pronunciou sobre a suposta captura e deportação de Goette-Luciak para El Salvador, nem sobre as denúncias direcionadas a ele.

"Me perguntaram se eu era agente da CIA (agência central de inteligência dos Estados Unidos) e me mostravam as publicações e os memes das redes sociais", disse Goette-Luciak. "Um policial me disse que eu seria deportado porque em meus artigos escrevia e opinava coisas falsas", assinalou o jornalista. O profissional também foi alvo de "ameaças e acusações nas redes sociais de ser inimigo e até pertencer a agências de Inteligência estrangeiras", segundo a organização de escritores PEN em comunicado.

ANJ


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114