» mais
Comentar           Imprimir
Esporte
Segunda, 13 de novembro de 2017, 14h44

Brasil conquista o pódio no Mundial Militar de Vôlei de Praia


.

No domingo (12) ocorreram as finais do 2º Campeonato Mundial Militar de Vôlei de Praia, na mais nova quadra de areia, no Parque Olímpico, Barra, Rio de Janeiro (RJ). O pódio foi tomada pelas duplas brasileiras, que conquistaram os primeiros lugares, feminino e masculino.

O primeiro duelo da manhã foi cancelado. As duplas chinesas Shao/Liu e Bai/Zhao disputariam o 3º lugar feminino, contudo por questões de saúde, o jogo não ocorreu, e a dupla Shao/Liu ficou com a vitória. Na sequência, os jogos do naipe masculino começaram com o “melhor saque do mundo”, do Evandro que, ao lado de seu parceiro André, se impôs desde o início. Dollinger/Walkenhorst, da Alemanha, não conseguiram defender o terceiro lugar e a medalha de bronze ficou para os brasileiros, com uma vitória de 2×0.

A final masculina entre Saymon/Álvaro e Guto/Vitor foi intensa na arena de vôlei. A dupla Saymon/Álvaro conseguiu superar o primeiro set perdido, virando o jogo e fechando o placar por 2×1. Em consequência, a medalha de prata ficou com Guto/Vitor que fizeram também uma bela campanha.

A final feminina foi disputada entre Larissa/Ana Patrícia e Ágatha/Eduarda. A medalhista olímpica Ághata e sua parceira levaram vantagem desde o início. Larissa e Patrícia tentaram uma reação, mas Ágatha e Eduarda ficaram com a medalha de ouro.

Cerimônia de premiação

Das nove posições no pódio, oito foram das duplas brasileiras e uma da China, que conseguiu o 3º lugar no feminino. Premiadas as conquistas coletivas, ainda foram escolhidos os jogadores mais valiosos do campeonato (Most Valuable Player). No masculino, o troféu foi para Álvaro e no feminino, foi para Eduarda.

A cerimônia de premiação contou com a participação das principais autoridades do circuito militar brasileiro: o diretor do Departamento do Desporto Militar (DDM), do Ministério da Defesa, almirante Paulo Martino Zuccaro; o comandante do CCFEx e presidente da Comissão de Desportos do Exército (CDE), general Jorge Antonio Smicelato; e o presidente do Comitê de Voleibol do CISM, coronel Pinheiro.

O comitê de arbitragem foi composto por um grupo de árbitros internacionais: dois chineses, um alemão, um membro da Letônia, um do Sri Lanka, outro do Irã e três árbitros do Brasil.

O 2º Campeonato Mundial Militar de Vôlei de Praia foi uma competição organizada pelo Conselho Internacional do Desporto Militar (CISM), que leva como lema “amizade através do esporte”. O campeonato abriu um novo ciclo de preparação dos atletas militares para Tóquio 2020. Antes, eles ainda competirão nos Jogos Mundiais Militares da China, em 2019. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114