» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Quarta, 28 de março de 2018, 16h43

Em Aparecida, Tríduo Pascal recorda paixão, morte e ressurreição de Jesus


.

Ponto alto do calendário litúrgico da Igreja Católica, o Tríduo Pascal será repleto de celebrações no Santuário Nacional. A programação conta com missas, momentos de oração, procissões, teatros e vigílias. As atividades celebram a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

As cerimônias especiais se iniciam na quinta-feira (29), com a Missa da Ceia do Senhor, às 21h. É nesta celebração que ocorre o rito do Lava-pés, lembrando o mandato de Jesus de serviço ao próximo, além da instituição da Eucaristia, instaurada pelo próprio Jesus. Antes disso, no período da manhã, concluindo o Tempo da Quaresma, acontece às 9h a Missa do Crisma, quando é dada a benção sobre os Óleos que serão utilizados durante todo o ano nos Sacramentos do Batismo e Unção. Ainda nesta missão óleo do Crisma é confeccionado e consagrado pelo arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes.

No segundo dia do Tríduo Pascal, o Santuário Nacional terá momentos litúrgicos e de reflexão durante toda a sexta-feira (30) para relembrar os últimos momentos da vida de Jesus. No período da manhã, às 9h, acontece o Teatro e a Meditação da Via Sacra, que será encenado pelos participantes do projeto Jovens de Maria. O momento mostrará o percurso percorrido por Cristo desde sua condenação, até sua crucificação. Ao meio-dia, acontece a celebração do Sermão das Sete Palavras, que rememora as últimas falas de Jesus, quando já estava crucificado. No período da tarde, às 15h acontece o principal momento do dia, com a Celebração da Paixão de Cristo, seguida, às 16h30, da Procissão do Senhor Morto.

Encerrando as comemorações da Semana Santa acontecem as celebrações que recordam a ressurreição de Jesus. Os ritos, os mais solenes do calendário católico durante o ano, celebram por dois dias a Páscoa. O primeiro deles acontece na noite do sábado (31) às 20h. Chamado de missa da Vigília Pascal, o rito extenso recorda toda a história da salvação da humanidade desde Adão até a vitória de Cristo sobre a morte. Durante a celebração, também é abençoado o fogo novo que acende o Círio Pascal, um dos símbolos do período, e as velas dos fiéis que, nesta noite, renovam seu batismo.

As celebrações da Páscoa se estendem por todo o domingo (1). Nesta data serão realizadas sete missas durante todo o dia. A primeira delas começa às 5h30, seguida pela Procissão da Ressurreição. Logo após, ás 8h, Dom Orlando Brandes preside o principal rito do dia. As demais missas acontecem de duas em duas horas até às 18h.

Confissões - Além dos ritos litúrgicos, o atendimento de confissões também será intensificado no período. Quinze sacerdotes estão escalados para o atendimento dos peregrinos em horários diferenciados:

Quinta-feira Santa: 7h30 às 8h30 e das 14h às 16h

Sexta-feira Santa: 7h30 às 11h e das 13h30 às 14h30

Sábado Santo: 6h30 às 17h

Domingo de Páscoa: 6h30 às 16h


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114