» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Segunda, 24 de setembro de 2018, 14h15

Fundação André e Lucia Maggi divulga resultados de sua atuação em 2017


Transparência nas ações é fundamental, por isso a Fundação André e Lucia Maggi (FALM) divulga o Relatório de Atividades 2017, que apresenta todas as ações desenvolvidas ao longo do ano e sua prestação de contas financeiras. Para conferir o relatório, acesse www.fundacaoandreeluciamaggi.org.br.

 

A instituição contribui para o desenvolvimento das comunidades onde a AMAGGI atua. Por meio de sua atuação, busca capacitar pessoas e fortalecer a atuação de outras organizações sociais e lideranças locais para atingirem seus objetivos, visando ao desenvolvimento local.

 

Resultados
O ano de 2017 marcou os 20 anos da Fundação André e Lucia Maggi e a ampliação do número de estados e municípios com atuação, passando de 20 municípios de quatro estados, em 2016, para 28 municípios em sete estados, em 2017. Foram investidos aproximadamente R$ 5,6 milhões em suas ações e projetos.

 

Ao todo, foram 49 organizações sociais capacitadas para melhorarem sua gestão, por meio do Projeto Transformar. Já a segunda edição do Prêmio Fundação André e Lucia Maggi reconheceu e premiou sete organizações sociais por sua atuação junto à comunidade.

 

Por meio do Projeto Casa Maggica Rondonópolis, a FALM ampliou o trabalho e a parceria articulada em rede com as escolas públicas e instâncias de controle e proteção social. Também aumentou em 9% o atendimento ao público com alta vulnerabilidade social em relação aos anos anteriores do projeto. Em Itacoatiara (AM), o Projeto Centro Cultural Velha Serpa contou com a participação de mais de cinco mil pessoas em atividades de disseminação, promoção, valorização da arte, cultura e educação, que tem como foco serem instrumentos para o fortalecimento da cidadania.

 

Além disso, o ano de 2017 marcou o início da segunda revisão estratégica da organização, que traça o planejamento da atuação até o ano de 2025 e cujo resultado será apresentado em breve. "Este é um movimento importante para o crescimento e perenidade da nossa atuação, mantendo o alinhamento ao propósito de contribuir com o desenvolvimento local e humano das comunidades onde estamos", frisa a gerente de Investimento Social da Fundação André e Lucia Maggi, Aletéa Rufino.

 

GRI
Esta edição do relatório segue as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) - versão Standards, incluindo as diretrizes do suplemento setorial para ONGs. Outro aspecto adotado foi a identificação das ações da instituição relacionadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), como forma de demonstrar aos parceiros como a FALM está trabalhando para atingir os ODS junto às localidades onde atua.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114