» mais
Comentar           Imprimir
Geral
Sábado, 04 de outubro de 2003, 12h17

Cuiabá vira capital do ecoturismo


A sustentabilidade é um dos princípios fundamentais para o desenvolvimento de qualquer atividade turística, em especial o ecoturismo. Isto é, a valorização e a preservação dos recursos naturais e culturais de um município ou região com potencial turístico. Este será o tema da palestra Planejamento e gestão para o desenvolvimento do turismo sustentável no município, a ser proferida na manhã de hoje, entre 9 e 11h30, pela consultora de ecoturismo, Daniela Soares Nascimento, no Centro de Eventos do Pantanal, dentro da programação da Expo Aventura, que está sendo promovida pelo Sebrae em Mato Grosso.

Para Daniela, que durante quatro anos foi secretária de Turismo do município paulista de Brotas, considerada a meca do turismo de aventuras no Brasil, o ecoturismo não é apenas uma atividade lucrativa. É também geradora de novos postos de trabalho e mantém a qualidade de vida da comunidade envolvida. O mais importante em todo esse processo é ter ferramentas para a educação e conscientização do cidadão em relação ao desenvolvimento sustentável, afirmou Daniela Nascimento.

Marketing esportivo – O marketing esportivo, que trabalha com o fator emocional do público – portanto, está diretamente ligado à imagem -, movimenta atualmente no mundo cerca de 350 bilhões de dólares – com os Estados Unidos detendo quase dois terços desse faturamento (213 bilhões de dólares) – enquanto o Brasil é responsável por menos de 1% esse total – R$ 31 bilhões ou 10 bilhões de dólares.

Segundo o especialista em planejamento e operação de eventos esportivos, Culturais e Promocionais, Ricardo Gomes, que falou ontem (sexta-feira, 03/10) sobre o assunto durante a Expo Aventura, o marketing esportivo, além da construção de uma imagem moderna, estabelece e melhora o índice de fidelidade de consumidores e colaboradores e aumenta a visibilidade da empresa ou organização em todo os níveis. Na sua opinião, o futuro pertence ao turismo de aventura . Enquanto o turismo tradicional cresce 7,5 ao ano, o ecoturismo, 20%, com um potencial de atração de dois milhões de pessoas anualmente. Já entre os que praticam o esporte de aventura no Brasil, 78% é formado por homens, com 72% dos praticantes concentrados na região Sudeste e pertencentes às classes A e B. Deste universo, 48% possuem automóveis e 88%, o telefone celular.

Os grandes beneficiados com o marketing esportivo, além dos anunciantes, são as cidades sedes de eventos, que ampliam suas oportunidades de negócios, incrementam o comércio, ganham mídia espontânea e credibilidade, além da divulgação gratuita e a capacitação técnica dos profissionais da região, concluiu Gomes.
Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114