» mais
Comentar           Imprimir
Justiça e Direito
Terça, 25 de junho de 2019, 06h48

Curso de Auditoria Baseada em Riscos começa hoje


O Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do Ministério Público de Mato Grosso realiza o curso de Auditoria Baseada em Riscos entre hoje e amanhã (26) de junho, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, em Cuiabá. A capacitação é voltada para servidores da PGJ, da Subprocuradoria-geral de Justiça Administrativa, do Centro de Apoio Operacional (Caop), do setor de Controle Interno e do Departamento de Aquisições (DAQ). Também participam do curso integrantes do Tribunal de Justiça (TJMT) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
 

.

O treinamento começará logo mais a partir das 8h30, com carga horária de 16 horas. O objetivo é desenvolver e aprimorar a competência dos auditores do setor público para utilizar a abordagem baseada em risco na definição do escopo e da natureza, época e extensão dos procedimentos de auditoria. Além disso, o curso realçará a relevância dessa prática gerencial moderna para a melhoria do desempenho da Administração Pública e para a boa e regular aplicação dos recursos públicos em benefício da sociedade.

Metodologia – A capacitação será dividida em quatro módulos: 1) Definições e Normatizações; 2) Planejamento de Auditoria Baseada em Riscos; 3) Execução dos Trabalhos; e 4) Relatório e Monitoramento. As aulas serão expositivas (teoria) e haverá um estudo de caso (prática) de planejamento de auditoria baseado em riscos de contratos de terceirização.

O instrutor será Kleberson Souza, auditor federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União (CGU), especialista em Direito e Controle Externo da Administração e em Auditoria Contábil e Tributária. Kleberson é professor de pós-graduação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), autor e coautor de livros referentes ao combate à corrupção em licitações, combate ao desperdício de dinheiro no setor público, avaliação de controles internos e governança na inciativa pública.

“O curso busca, sobretudo, contribuir com a melhoria da gestão, oferecendo subsídio aos gestores públicos para implantação dos sistemas de controles internos adequados, o que proporcionará maior controle na aplicação dos recursos, incremento de informações gerenciais e melhora no desempenho da Administração Pública, redução da corrupção e, por consequência, maior eficiência na prestação de serviços à população”, explicou Kleberson Souza.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114