» mais
Comentar           Imprimir
Educação
Sexta, 06 de julho de 2018, 16h34

No interior da Paraíba, estudo da robótica prepara estudantes para um mercado promissor


No sertão da Paraíba, alunos do curso superior de automação industrial e do curso técnico em eletromecânica do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia campus Cajazeiras, desenvolvem pesquisas sobre automação robótica e inteligência artificial. De olho em competições nacionais e internacionais, eles se prepararam para um mercado promissor. Este é o tema do programa de hoje da série Trilhas da Educação, produzido e transmitido pela Rádio MEC.

Criador do Grupo de Pesquisa em Controle, Automação e Robótica (GPCAR), o professor Raphaell Maciel é quem coordena esses trabalhos. A dinâmica consiste em construir uma cultura de aproximação com a robótica, aplicando o que há de mais avançado na ciência e buscando parcerias e reconhecimento internacional. É assim que a equipe, formada por alunos e professores dos dois cursos, vence obstáculos a partir da crença no potencial de cada um, sem distinções.

Os dois grupos de estudantes desenvolvem juntos essas atividades há quatro anos. A troca de experiência enriquece os diferentes níveis de aprendizado e valoriza a descoberta do talento para cada área, bem como o aprimoramento nos anos finais da formação. Atualmente, a equipe desenvolve um minicarro autônomo. A máquina é equipada com um sistema que, após o treinamento por meio de câmeras, consegue desviar de obstáculos e, sozinha, tomar decisões sobre rotas e sentidos.

“Esses alunos são estimulados a resolver problemas que às vezes não têm soluções a priori”, explica Raphaell. “Muitas vezes a gente planeja, programa, organiza e, quando chega a hora, alguma coisa dá errado e eles têm que desenvolver também um potencial de soluções de problemas não previstos”. O professor investe no estímulo à criatividade para enfrentar desafios.

Reconhedimento – A metodologia utilizada revela uma determinação de colocar os estudantes no patamar mundial na pesquisa e desenvolvimento da robótica. Ao garimpar novas técnicas, a equipe otimiza as perspectivas para atuar nessa área. “Para isso é preciso ter mão de obra qualificada”, lembra Raphaell, que avalia como ”tímida” a maneira como a robótica ainda caminha no Brasil. “Mas a gente, apesar de estar no interior da Paraíba, está investindo nisso e fazendo o possível para ter contato com essas tecnologias”, destaca.

A pesquisa com o veículo autônomo conta com reconhecimento internacional. Recentemente, uma marca líder em computação de inteligência artificial e gigante no comércio de placas de processamento de vídeo para computadores doou dois dispositivos de última geração para o processamento de informações do protótipo e o treinamento das chamadas redes neurais nos estudos da inteligência artificial. O equipamento, que compõe a Unidade de Processamento Gráfico (GPU), tem apresentado resultados surpreendentes.

“Para fazer o treinamento das redes neurais, você precisa ter um poder de computação razoável”, explica o professor. “A GPU acelera esse processo de treinamento. Em vez de esperar um dia rodando a simulação no computador, a gente espera uma hora na GPU. Aí, acaba acelerando o processo de desenvolvimento”.

O GPCAR também participa de eventos no Brasil e no exterior. Em 2015, a equipe ficou em segundo lugar na Mercury Robotic Challenge, evento da Universidade de Oklahoma (Estados Unidos) que tem por objetivo desafiar os competidores a construir um robô e fazê-lo cumprir tarefas. Foi uma boa oportunidade de estar entre pesquisadores das maiores instituições de ensino do mundo. Atualmente, a equipe está se preparando para a Olimpíada Brasileira de Robótica, que acontece de 6 a 9 de novembro, em João Pessoa. O grupo tem tudo para se destacar.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114