Cuiabá | MT 20/02/2024
Economia
Sexta, 01 de dezembro de 2023, 12h14

Presidente da Fiemt participa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas


Silvio Rangel


O presidente do Sistema Federação das Indústrias de Mato Grosso (Sistema Fiemt), Silvio Rangel, participa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2023, a COP28. O encontro iniciou ontem (30 novembro) e segue até 12 de dezembro em Dubai, nos Emirados Árabes.

Pela primeira vez, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) terá um estande próprio no evento. Silvio Rangel faz parte da delegação da CNI que reúne empresários e especialista que discutir os avanços já alcançados pelo Brasil na agenda do clima e propor soluções para que o país consiga reduzir as emissões de gases de efeito estufa e acelerar a transição para uma economia de baixo carbono.

O espaço de 100 m2 vai sediar debates, painéis e apresentações de empresas convidadas. São mais de 40 atividades previstas, em que serão discutidos temas como financiamento climático, mercado de carbono, o potencial da energia eólica offshore e de novas tecnologias, ações necessárias para adaptação às mudanças climáticas e capacitação dos países em desenvolvimento para lidar com essas questões.

Silvio Rangel participa do painel Desafio e Oportunidades da Bioeconomia Brasileira, que ocorre no dia 4 de dezembro, às 15h (7h horário de Cuiabá) . Na oportunidade, serão discutidos os desafios e as perspectivas para o desenvolvimento de cadeias produtivas baseadas em bioeconomia, considerando as experiências e o potencial do Brasil como país megadiverso. O painel explorará as interseções entre utilização da biodiversidade, inovação, tecnologia e sustentabilidade.

Diálogo empresarial busca oportunidades de negócios e investimentos

No dia 6 de dezembro, a CNI realizará o Diálogo Empresarial para uma Economia de Baixo Carbono, evento que proporcionará um debate entre o setor empresarial brasileiro e estrangeiro alicerçado em quatro pilares estratégicos: transição energética, mercado de carbono, economia circular e conservação florestal.

O objetivo é proporcionar um ambiente de relacionamento e oportunidades entre indústrias brasileiras, congêneres de outros países e organismos internacionais.

Serão abordadas possibilidades de negócios e investimentos para a descarbonização da indústria e a contribuição do setor para que o país consiga atingir as metas de redução de emissões e dos assuntos relevantes da agenda climática discutidos na COP28. É também um espaço para prospectar parcerias, tendência e novas tecnologias que contribuam para a competitividade e a sustentabilidade da indústria.

A CNI também participa da conferência como membro-observador, contribuindo ativamente com o governo brasileiro nas negociações que realizará junto às demais partes. Nesse sentido, algumas das ações defendidas pelo setor incluem a definição da estratégia de descarbonização da economia, o avanço na implementação do mercado global de carbono e a mobilização dos países para o financiamento climático. As propostas se encontram no documento Visão da Indústria para a COP28, entregue ao governo federal.




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114