Cuiabá | MT 25/02/2024
Pesquisa/Tecnologia
Sexta, 09 de junho de 2023, 10h56

Google dá ultimato para cessar home office


.

Os executivos norte-americanos estão intensificando os esforços para levar os trabalhadores de volta ao escritório. O estilo de vida adotado na pandemia de covid-19 já não é mais uma opção.

Por mais de um ano, o Google pediu aos funcionários que frequentassem o escritório três dias por semana.

Na quarta-feira 7, a empresa disse aos funcionários que eles devem cumprir o requisito de três dias ou sua falta pode aparecer em suas avaliações de desempenho, de acordo com um memorando enviado à equipe pela diretora de recursos humanos do Google, Fiona Cicconi, obtido pelo jornal The Washington Post.

Na Farmers Insurance, uma seguradora dos EUA, muitos trabalhadores estão sendo solicitados a retornar aos escritórios três dias por semana a partir de setembro, mesmo depois de terem sido informados no ano passado de que o trabalho remoto veio para ficar.

Em contraste, o gigante da tecnologia Salesforce disse que fará doações para instituições de caridade locais a cada dia que os trabalhadores vierem ao escritório no fim deste mês.

Os trabalhadores relutam em abrir mão da flexibilidade que ganharam durante a pandemia, argumentando que isso beneficiou sua saúde mental e equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Mas muitos executivos estão convencidos de que o escritório ainda é um vínculo necessário para inovação e colaboração.

Além disso, os governos locais estão ansiosos para ver os trabalhadores retornarem para ajudar a revitalizar os centros de cidades em dificuldades e impulsionar a economia.

Grandes corporações como Disney, Starbucks e AT&T exigiram nos últimos meses que os trabalhadores voltassem aos escritórios. Apesar desses esforços, a ocupação dos escritórios permanece obstinadamente abaixo de 50% dos níveis pré-pandêmicos nas principais áreas metropolitanas dos EUA.

Google
O Google é famoso há muito tempo por seus escritórios coloridos e regalias. Seus executivos se gabavam de ser uma das primeiras grandes empresas dos EUA a mandar trabalhadores para casa em março de 2020, quando a pandemia começou a se espalhar.

O Google sugeriu seus serviços de videoconferência e nuvem para outras empresas como formas de permitir trabalho remoto, recreação e educação. Mas também tem sido uma das maiores empresas que pressionam por um retorno ao escritório.

A companhia começou a exigir que os trabalhadores fossem aos seus escritórios três dias por semana em abril de 2022, mas muitos simplesmente ignoraram as exigências. Muitos dos escritórios do Google, incluindo seu novo prédio gigante em Mountain View, Califórnia, têm operado bem abaixo de sua capacidade.

“Ouvimos de funcionários que aqueles que passam pelo menos três dias por semana no escritório se sentem mais conectados a outros, e que esse efeito é ampliado quando colegas de equipe trabalham no mesmo local”, disse Cicconi no memorando.

“É claro, nem todo mundo acredita em ‘conversas mágicas no corredor’, mas não há dúvida de que trabalhar juntos na mesma sala faz uma diferença positiva.”

A nova mensagem da administração, de que o não comparecimento pode ser observado na avaliação de desempenho de uma pessoa, foi vista como a tentativa mais agressiva até agora de levar as pessoas ao escritório, segundo o jornal.

Revista Oeste




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114