Cuiabá | MT 20/02/2024
Mundo
Sábado, 17 de junho de 2023, 15h57

Putin afirma que armas nucleares em Belarus são alerta ao Ocidente


.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que o posicionamento de armas nucleares táticas em Belarus representa um lembrete de que o Ocidente não conseguirá impor uma derrota estratégica aos russos. Ele fez a declaração durante um fórum econômico em São Petersburgo, na sexta-feira 16.

Putin confirmou a existência das armas nucleares russas em Belarus — a primeira vez que isso ocorre. Ele admitiu que as ogivas nucleares táticas foram entregues ao país aliado, mas destacou que não via a necessidade de recorrer a esse tipo de armamento.

Leia também: “Ditadura cubana vende jovens para lutar pela Rússia na guerra contra a Ucrânia”

“Fizemos negociações com nosso aliado, o presidente bielorrusso Alexander Lukashenko, para transferir uma parte dessas armas nucleares táticas para o território de Belarus”, disse Putin. “As primeiras ogivas nucleares foram entregues ao território de Belarus, mas apenas as primeiras, a primeira parte. Porém, vamos concluir esse trabalho até o fim do verão ou até o fim do ano.”

O objetivo de posicionar essas ogivas fora da Rússia é alertar o Ocidente sobre seu apoio à Ucrânia, de acordo com o presidente russo. Putin enfatizou que isso é uma forma de dissuadir aqueles que consideram a hipótese de derrotar a Rússia.

Leia mais: “Daniel Ortega promete fortalecer ‘laços históricos’ com a Rússia”

A decisão de Putin foi criticada pelos Estados Unidos. No entanto, os norte-americanos afirmaram não ter intenção de alterar sua própria posição sobre as armas nucleares estratégicas e não observam sinais de que a Rússia esteja se preparando para utilizá-las.

Monitoramento externo
A medida da Rússia está sendo cuidadosamente observada por Washington, por seus aliados e pela China, que rechaça o uso de armas nucleares no conflito entre a Rússia e a Ucrânia.

Segundo Putin, o Ocidente está fazendo tudo o que pode para infligir uma derrota estratégica à Rússia. Moscou está envolvida em sua maior guerra por território na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Revista Oeste




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114