Cuiabá | MT 20/02/2024
Saúde
Domingo, 04 de fevereiro de 2024, 16h04

Equipado com investimentos de R$ 7,7 milhões, Lacen ampliou serviços, análises e pesquisas


.


O Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT), administrado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), recebeu mais de R$ 7,7 milhões em investimentos para a aquisição equipamentos entre 2019 e 2023. Novos aparelhos possibilitaram a análise de 827,6 mil amostras enviadas pelos 142 municípios do estado e também a ampliação dos serviços ofertados pela unidade.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou a importância do Lacen para a Saúde Pública de Mato Grosso. Ele lembrou da mais recente descoberta do laboratório, que sequenciou e identificou uma nova subvariante da Covid-19 no Estado, a JN 2.5, que é uma variação da Ômicron. Esse foi primeiro registro da subvariante no Brasil.

“Fortalecemos o Lacen para um trabalho ágil e de qualidade. Antes, o laboratório não tinha equipamentos para esse tipo de análise, mas nós adquirimos equipamentos, entregamos um espaço mais moderno e amplo para fortalecer as ações do setor, pois os dados da pesquisa desempenham um papel fundamental para oferecer suporte às estratégias de saúde pública, permitindo o rastreamento de surtos e a avaliação da eficácia das medidas de controle”, avaliou o gestor.

Nos últimos cinco anos, a instituição adquiriu mais de 30 equipamentos voltados a ampliação dos serviços, modernização e agilidade dos processos já executados no local.

Entre os equipamentos adquiridos, estão analisador genético de nova geração; extrator e purificador automático de ácidos nucleicos; extração e purificação DNA e RNA Covid; termociclador; estufa incubadora para monitoramento do nível de oxigênio dissolvido em amostras de água; centrífuga clínica digital; sistema modulares; ultrafreezer -80ºC com capacidade de 549 litros; equipamento automatizado para identificação e antibiograma de bactérias e leveduras; equipamento de identificação e antibiograma para microbactérias e equipamento totalmente automatizado de metodologia quimiluminescência.

“Temos expertise de entregar à sociedade diagnósticos oportunos e precisos, possibilitando que as providências sejam tomadas com rapidez nos casos concretos, considerando que, na referência nacional, demoraria dias, inviabilizando assim qualquer tomada de decisão imediata e necessária para preservação da vida”, acrescentou o secretário adjunto de Vigilância e Atenção em Saúde da SES, Juliano Melo.

Satisfeita com as melhorias históricas realizadas no laboratório, a diretora da unidade, Elaine Cristina de Oliveira, contou que os novos equipamentos, somados à capacidade técnica da equipe, resultou nas melhorias dos serviços do local.

“Hoje temos 20 novos serviços e projetos. Trabalhamos para suprir toda necessidade da Saúde Pública de Mato Grosso. Para isso, contamos com a dedicação de cada servidor que está diuturnamente vigilante. Agradeço o empenho e parceria dos trabalhadores do Lacen e também os investimentos que a gestão tem feito, pois sem esse suporte não teríamos os avanços das ações”, concluiu a diretora.
 

.

 

Serviços e projetos

Entre 2019 e 2023, foram incrementados os serviços de sequenciamento genético de Covid-19, dengue e influenza, DNA para identificação de paternidade, análise para monkeypox, PCR de febre amarela, entomologia com identificação taxonômica e levantamento entomológico, biologia molecular para teste os arbovírus, além de identificação e teste de sensibilidade bacteriologia.

O Lacen também participa de diversos projetos, como o Navegação Ampliada para a Vigilância Intensiva e Otimizada (Navio), em que navega por comunidades ribeirinhas para realização de monitoramento genômico. O trabalho é feito em conjunto com a equipe da Fundação Oswaldo Cruz de Minas Gerais, Marinha do Brasil e da SES de Mato Grosso do Sul. A iniciativa foi idealizada pelo pesquisador doutor, Luiz Alcantara, e amplia o trabalho já realizado pela Marinha do Brasil nas referidas populações.

O Lacen ainda integra os projetos Gerenciamento de Resíduos Sólidos, VigeCoV2 e Acredita Lacen-MT.

 

Nova sede

 

.

Em breve, a unidade vai ganhar uma nova sede muito mais ampla e moderna. A nova estrutura recebe um aporte financeiro de R$ 18,1 milhões e está sendo construída em anexo ao Hospital Central, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá.

A obra está 98% concluída e dispõe de 2.259,32 m² em estrutura convencional com concreto armado, alvenaria e cobertura com estrutura metálica.

Atualmente, o Lacen está localizado em um prédio situado na Rua Guadalajara, n° 272, no bairro Jardim das Américas.




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114