Cuiabá | MT 25/02/2024
Agro
Terça, 06 de junho de 2023, 15h54

Parceria entre Governo e Amaggi levará empreendedorismo e inovação aos agricultores


.

O Governo de Mato Grosso assinou, nesta terça-feira (06.06), um termo de parceria com representantes da Amaggi, por meio da Fundação André e Lucia Maggi (Falm), para fortalecer a agricultura familiar no Vale do Rio Cuiabá. Por meio da parceria será desenvolvido projeto de empreendedorismo e inovação para atender 140 famílias.

O governador Mauro Mendes destacou que esse projeto vai possibilitar que as 140 famílias participantes tenham melhores condições de produzir e garantir o desenvolvimento da agricultura familiar na região. Segundo Mendes, a parceria trará caminhos eficientes para que essas famílias tenham resultados econômicos e na produção dos alimentos.

“Temos que ajudar a instigar o empreendedorismo no setor, que é fundamental para essa cadeia produtiva construir uma economia familiar mais próspera, com ganhos para eles e para toda a sociedade, e assim, também manter a juventude no campo. A única forma de reter os jovens é levando qualidade e resultado”, frisou o governador.

A cooperação será realizada no projeto "Agricultura familiar: fortalecimento dos agricultores do futuro do Vale do Rio Cuiabá e entorno", realizado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) e pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), e que conta também com a participação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O objetivo do projeto é identificar ações para fortalecer a agricultura familiar na região do Vale do Rio Cuiabá e, como consequência, criar caminhos para a permanência da juventude no campo. Além disso, o Estado também pretende incluir mais trabalhadores rurais na formalidade, criar empregos e desenvolvimento local.

Segundo o presidente da Empaer, Renaldo Loffi, esse é um projeto em parceria com instituições públicas e privadas que trará impactos positivos para a agricultura familiar do Vale do Rio Cuiabá, que conta com 14 municípios. “A iniciativa trará uma visão de empreendedorismo aos produtores, para que as propriedades se tornem sustentáveis e para trazer o jovem para a agricultura familiar”, pontuou.

A diretora de ESG, Comunicação e Compliance da Amaggi e executiva da Falm, Juliana Lopes, comentou a vontade da empresa em atuar para o desenvolvimento dos agricultores familiares, para contribuir com o crescimento, seja da produção, da questão socioeconômica ou dos jovens que ainda estão por vir na atividade. “A agricultura, seja ela em larga escala ou familiar, é um dos valores da Amaggi. O Estado está fazendo um grande avanço nessa área para que a população possa consumir os produtos locais”, disse.

Lucíola Magalhães, chefe adjunta do Centro de Pesquisa da Embrapa Territorial, pontuou que esse projeto trabalha inovação, com adoção de tecnologia, e transformação de vida. A Embrapa desenvolverá uma plataforma digital aberta com capacidade de congregar e organizar os dados dos 14 municípios-alvo. “Queremos reforçar que é uma satisfação colaborar com esse plano de inclusão dos produtores e desenvolvimento territorial da Baixada Cuiabana”, disse.

Presente no evento, a senadora Margareth Buzzetti lembrou da importância de parcerias entre a iniciativa privada e o setor público para o desenvolvimento do Estado. “Parabéns por esse ato, é assim que a gente vai avançando e dando um novo formato para a agricultura familiar”, reforçou.

O deputado estadual Dr. João lembrou que a região do Vale do Rio Cuiabá importa os produtos da agricultura familiar de outros estados e disse que é gratificante ver um projeto que olhe para essas famílias. “Fico muito feliz em ver aqui hoje o público e o privado juntos nesse projeto. Espero que ele se estenda para outras regiões de Mato Grosso”, ponderou

O projeto tem como um dos produtos um diagnóstico com 140 famílias que trabalham com agricultura familiar nos municípios da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e entorno, preferencialmente, organizadas em alguma associação ou cooperativa. O levantamento resultará no conhecimento daquilo que precisa ser feito para desenvolver a produção agropecuária na Baixada Cuiabana.

Os municípios que compõem a região metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e o entorno são: Nobres, Planalto da Serra, Nova Brasilândia, Rosário Oeste, Chapada dos Guimarães, Acorizal, Jangada, Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Barão de Melgaço, Santo Antônio do Leverger e Campo Verde.

Também estiveram presentes no evento o deputado federal Abílio Brunini; o deputado estadual Wilson Santos; os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Laice Souza (Comunicação), coronel PM César Augusto Roveri (Segurança Pública); o consultor da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão, Luiz Antônio Pagot; e outros representantes dos órgãos e empresa que firmaram a parceria.




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114