Cuiabá | MT 14/04/2024
Variedades
Sexta, 29 de dezembro de 2023, 07h29

Comum no fim de ano, movimento de destralhar é uma autoanálise, diz psicóloga


.

 
Confira dicas para se organizar para um 2024 melhor

As faxinas mais pesadas, que incluem análise de papeis, uma boa olhada no guarda-roupa, são cada vez mais comuns no fim de ano. A psicóloga e professora da Estácio Fapan, Francinne Strobel de Souza, explica que este movimento é uma autoanálise, que permite começar o ano com um novo olhar e conseguir espaço, na vida e na própria casa, para a realização de novas metas e sonhos.

“Ao fazermos esse movimento de limpeza estamos seguindo um ritual de reflexão, que vai muito além de colocar a casa no lugar, trata-se de escolher deixar pra trás aquilo que não faz mais sentido, seja um objeto ou algo no campo do subjetivo, envolve pesar os prós e contras do ano que passou, o que queremos levar pro ano que está começando, o que permanecerá na nossa casa”, explica a psicóloga.

De acordo com a professora, qualquer processo organizativo é uma relação entre o interno e o externo. As mudanças externas refletem na forma de ver e se posicionar no mundo e nos grupos sociais, ao mesmo tempo que mudanças internas são visíveis no exterior.

“Existem momentos em que estamos mais propensos a mudanças mais significativas, como no fim do ano. Mas esse processo de limpeza e autoanálise pode e deve ser contínuo, para que a gente enxergue se estamos sendo congruentes com nossas metas e nossos valores iniciais ou se é preciso mudar caminhos. Além disso, ao fazer isso com frequência, podemos visualizar nossas conquistas diárias e comemorá-las, fortalecendo nossa autoestima”, explica Francinne.

Para quem teve um 2023 difícil, mas quer começar 2024 de forma mais leve, a psicóloga e professora dá algumas dicas. Confira:

1. Respire aliviado
2. Comemore suas conquistas e das pessoas que você ama.
3. Faça essa organização externa e interna: destralhe e limpe aquilo que não faz mais sentido pra você seja material ou não.
4. Coloque um ponto final em 2023 e dedique um tempo onde você sente e pense em 2024. Sim, sentar, pensar e escrever sobre isso faz toda a diferença. Reserve esse tempo e vá a um local que você goste, um restaurante ou mesmo sua parte preferida da casa. Escolha uma bebida e uma música que você goste e comece.
5. Elenque e mantenha aquilo que deu muito certo nos anos anteriores e você gostaria de repetir, por exemplo: o convívio com a família e amigos, emprego, cursos e atividades culturais e de lazer.
6. Para novas metas, use a estratégia que você mais se adapta: mural no escritório, rotina da família grudada na geladeira, planner, agenda, agenda de celular.
7. Estabelecido a forma de organizar as metas, defina as de curto, médio e longo prazo.
8. Dedique-se intensamente nas de curto prazo, não deixando as de médio e de longo para trás. É importante lembrar que as metas de curto prazo são os pequenos passos até chegar a uma meta maior.
9. Não se pressione! Os prazos são formas de organização, mas não são sentença! Se preciso for, no decorrer do ano, recalcule rotas e metas.
10. Comemore cada conquista, sozinha e com quem você ama. Mais importante que a chegada é a jornada.




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114