» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Domingo, 08 de abril de 2018, 14h43

ONU diz que Winnie Mandela será lembrada como símbolo da resistência


.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou na segunda-feira (2) que Winnie Mandela, ativista antiapartheid e ex-mulher do primeiro presidente negro sul-africano, Nelson Mandela, deixa um legado de resistência e de luta por direitos iguais para todos.

Winnie Mandela morreu na segunda-feira (2) aos 81 anos em Johannesburgo. Segundo agências de notícias, ela enfrentava problemas de saúde devido a uma longa doença.

As palavras do chefe das Nações Unidas foram lidas por seu porta-voz, Stephane Dujarric, em encontro com jornalistas em Nova Iorque.

O porta-voz afirmou que Winnie foi uma voz destemida na luta pela igualdade de direitos. Ainda de acordo com o secretário-geral da ONU, ela será lembrada como um símbolo da resistência. Guterres também enviou os pêsames ao povo da África da Sul e à família da ativista.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114