Cuiabá | MT 28/02/2024
Educação
Quarta, 24 de maio de 2023, 09h12

Professores do programa de intercâmbio do Governo de MT embarcam para Londres em junho


.

Professores da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc), selecionados no programa de intercâmbio MT no Mundo, embarcam no dia 2 de junho para Londres, na Ingraterra, para uma experiência imersiva de estudo na língua e cultura inglesa. Ao todo, 17 profissionais foram selecionados para o intercâmbio, que terá duração de 21 dias.

O programa de intercâmbio MT no Mundo, que recebe o investimento de R$ 5,3 milhões, faz parte da política de valorização dos profissionais da educação, contemplada entre as 30 políticas educacionais do Projeto Educação 10 anos, que objetiva colocar a educação pública de Mato Grosso entre as cinco mais bem avaliadas do país até 2032.

“Isso é histórico. Nunca houve um investimento como esse na educação estadual. É um momento de conquista para estudantes, professores e profissionais que sonharam com esse momento, e temos certeza que esse aprendizado será reaproveitado em sala de aula”, afirma o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

O gestor educacional de Políticas Públicas de Línguas Estrangeiras, da Secretaria Adjunta de Gestão Educacional, Bruno Seolin, destaca que a experiência de intercâmbio faz parte do planejamento da Seduc, que busca novas metodologias para auxiliar na aprendizagem dos estudantes.

“É um enriquecimento tanto da cultura como de novo conteúdo, pois todos os professores vão passar por um treinamento da Língua Inglesa e vão chegar com novas metodologias que serão aplicadas dentro de sala de aula. Isso faz parte de um novo método de ensino que o Estado quer aplicar dentro de sala, usando também diversas ferramentas da tecnologia”, observou.

A seleção dos professores ocorreu diante do desempenho na plataforma do Mais Inglês MT, programa de ensino da língua inglesa adotado nas escolas da rede estadual. Foi selecionado um professor de cada Diretoria Regional de Educação, conforme a classificação que obedeceu critérios previstos em edital.

A professora Waldiana da Guia Salazar Santos, da Escola Estadual Irene Gomes de Campos, de Várzea Grande, foi uma das selecionadas. Ela contou que nunca pensou que iria participar de um intercâmbio com tudo pago e ter oportunidade de vivenciar a cultura, política e costumes de outro país.

“Eu estou muito feliz, porque eu já tinha esse sonho, e agora, com 50 anos de idade e 20 anos de profissão, o Governo do Estado irá me proporcionar momentos e memórias que poderei trazer para sala de aula. Me sinto realizada”, afirmou.

Além dos professores, o programa MT no Mundo também contempla estudantes e gestores educacionais. O objetivo é incentivar o aprimoramento da formação acadêmica e profissional, principalmente em relação ao domínio de língua estrangeira, permitindo aos estudantes e profissionais da educação uma experiência de estudo e imersão cultural para o desenvolvimento da proficiência, das suas habilidades e competências de interculturalidade.

A diretora regional de Educação do polo Rondonópolis, Andreia Cristiane de Oliveira, foi uma dos gestores selecionados para o programa. Para ela, o intercâmbio, desde os preparativos, tem sido uma experiência única.

“A expectativa é de ter experiências formativas em outro país, fazer uma imersão em outra cultura e aprender muito. Esta aprendizagem vai contribuir de maneira muito significativa e impactante na nossa vida profissional e pessoal. O sentimento que permanece desde que foi anunciado que nós, gestores de DRE, participaríamos deste intercâmbio, é de gratidão pela oportunidade que nos foi concedida pelo Governo de Mato Grosso, Secretaria de Educação e toda a equipe de secretários adjuntos que têm viabilizado a realização deste sonho”, comemorou.

Foram selecionados 20 gestores educacionais, que embarcam para Londres no dia 3 de junho. No final de agosto é a vez de 100 estudantes terem a expericência internacional. Eles serão acompanhados por 15 monitores e, assim como os profissionais da educação, também terão a experiência 100% custeada pelo Governo do Estado.




Busca



Enquete

O Governo de MT começou a implantar o BRT entre VG e Cuiabá. Na sua opinião:

Será mais prático que o VLT
Vai resolver o problema do transporte público.
É uma alternativa temporaria.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados.

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114