Cuiabá | MT 01/07/2022
Né !

'Insuportáveis'

Quarta, 10 de novembro de 2021

.

 

Com coletiva.... sem imprensa

Segunda, 25 de outubro de 2021

Sérgio Ricardo - arquivo


Pela manhã, às 11h16, o Tribunal de Contas do
Estado de Mato Grosso distribuiu nota informando que o conselheiro Sérgio Ricardo será reintegrado em cerimônia realizada na tarde desta segunda-feira (25), às 16h, no Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT).

Logo após a assinatura do termo de reintegração ao cargo, o conselheiro Sérgio Ricardo concede entrevista coletiva para os jornalistas.

Depois, às 15h21, o mesmo TCE informou que a coletiva de imprensa com o conselheiro Sérgio Ricardo marcada para esta segunda-feira (25) foi adiada.

E que a reintegração do conselheiro ao cargo será realizada em cerimônia restrita, na Presidência do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT).

Com o detalhe: Não será autorizada a entrada da imprensa.

 

PJC em desinfecção

Terça, 17 de agosto de 2021

A Polícia Civil emitiu comunicado informando que hoje, terça-feira (17.08), o expediente no prédio da Diretoria Geral será suspenso às 16 horas, em razão de desinfecção realizada pelo Corpo de Bombeiros em prevenção ao coronavírus (Covid-19).

 

MRV lança curso de corretores

Segunda, 05 de julho de 2021

A MRV Construtora lança a mais nova turma de formação de corretores autônomos, para atuação em Cuiabá e Várzea Grande. São 30 vagas disponibilizadas.

 

A plataforma de soluções habitacionais oferece treinamento completo, incluindo aulas online da escola de formação MRV e encontros presenciais. O grupo aprende e conhece, junto aos facilitadores da construtora, o cenário imobiliário em que atua a empresa, técnicas de abordagem ao cliente e dicas de organização de agenda para o melhor desempenho profissional. Os profissionais também recebem o suporte e acompanhamento no processo de habilitação para a formalização como corretores.

 

A companhia destaca como requisitos à seleção a experiência prévia em vendas e atuação com atendimento ao público, ensino médio concluído e disponibilidade para realizar o curso Técnico em Transações Imobiliárias. O treinamento é gratuito e os profissionais recebem comissionamento sobre as vendas intermediadas (em média, R$ 2 mil por apartamento). Isso pode ocorrer, inclusive, durante o próprio curso, por meio da indicação de clientes que venham a efetivar negócios com a construtora.

 

A maior construtora da América Latina tem vários empreendimentos em comercialização nas duas maiores cidades mato-grossenses. Os imóveis são elegíveis no programa Minha Casa Verde Amarelo, do governo federal.

 

 

SERVIÇO: Formação de corretores autônomos MRV – 30 vagas

Requisitos: experiência em vendas/atuação com atendimento ao público; Ensino médio concluído; disponibilidade para realizar o curso Técnico em Transações Imobiliárias

Envio de currículos e mais informações:
costa.carolina@mrv.com.br ou (65) 99930-8832

Uber, a boa intenção e a real

Sexta, 11 de junho de 2021

.


A #Uber Brasil distribui nota aos seus
clientes informando que estão recomendando aos motoristas parceiros que higienizem frequentemente os principais pontos de contato do veículo com desinfetantes #Lysoform.

A proposta é humanamente importante. Há de se registrar que uma boa parcela dos motoristas já realizam um bom trabalho de higienização dos seus veículos.

Contudo há a banda ruim que coloca por terra os bons propósitos da empresa.

Paralelo a isso há uma deficiência que a Uber precisa sanar urgentemente: facilitar o meio de informação sobre falhas e irregularidades dos seus motoristas parceiros. Nos canais da empresa, os clientes reféns dessa parcela negativa tem dificuldades para informar, tendo que abrir seções, canais e dessa forma deixar de contribuir melhor pelo que visa a empresa. Falta um link direto e não apenas a opção de avaliar a nota do motorista. 

Em tempo: vale destacar que ao menos em Cuiabá e Várzea Grande, Mato Grosso, há um grande número de cancelamento de corridas por parte dos motoristas. Na região do Aeroporto Marechal Rondon, um cliente foi 'cancelado' por dois "parceiros" Uber - isso depois de 9 minutos de espera.

Um dos "parceiros" questionou ao cliente se ele morava em Cuiabá, se estava sozinho... Informações positivas, o "parceiro" cancelou a viagem.

Largado no aeroporto por outro motorista, o cliente só conseguiu seguir viagem quase 35 minutos após. Ao tentar informar a Uber, as mensagens trocadas foram apagadas (é o que ocorre), além de ter dificuldades devido várias opções no menu. E, já atrasado de seus compromissos a "vitima" não conseguiu ser útil para a empresa. 

 

1 - 2 - 3 - 4 - 5

Busca



Enquete

Mesmo com a pandemia você acha que o setor de saúde pública...

Melhorou muito
Não melhorou nada
Está excelente
Não sei opinar
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plant�o News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114